body_louvor_tit

575706_510304599030359_1091161525_nO Grupo Nova Geração Betel é um grupo de louvor da nossa igreja (IEQ EM COBREX) tendo sua composição principal jovens que se dedicam em trazer o louvor e adoração ao Senhor nosso Deus.

O nome Betel se dá devido a história bíblica da cidade de Betel, que significa em Hebraico “CASA DE DEUS”. Foi neste local que Abraão armou a sua tenda e edificou o seu primeiro altar (Génesis 12:8; 13:3). O nome Betel foi lhe dado por Jacó. Foi neste lugar que Jacó teve a visão de uma escada que atingia o céu, por onde anjos subiam e desciam

Gostaríamos, na seqüência, de salientarmos a importância do louvor e da verdadeira adoração ao Senhor nosso Deus baseando-se num texto, com base bíblica, retirado da Internet.

No livro do profeta Isaías 14:11-19, nos diz que Lúcifer (Anjo de luz) tinha a responsabilidade de ministrar diante de Deus. Ele recebia o louvor e adoração da Terra e entregava para o Senhor Deus Todo-Poderoso. Quando Lúcifer caiu do seu estado em que fora criado, a música, o louvor e a adoração entraram em desordem e perderam os seus sentidos.

Deus hoje está movendo-se poderosamente numa nova direção sobre a música que tem por finalidade louvar, honrar, dar glórias ao Criador, que vive e reina eternamente pelos séculos dos séculos.

Quando a igreja entra em adoração e santidade louvando e adorando ao seu Criador, o próprio Deus levanta-se do seu trono e vem em favor de seu povo como no exemplo de Josafá, que estava numa terrível peleja contra os amonitas e moabitas. A direção que veio do Espírito Santo foi que todos deveriam louvar ao Senhor, porque a sua misericórdia dura para sempre. Ao obedecerem à ordem de Deus, entrando em louvor e adoração, o próprio Deus veio em defesa de seu povo e desbaratou todos os inimigos. Quando a adoração é poderosa e ungida, ela destrói as obras das trevas, liberando a presença majestosa do Senhor Jesus Cristo no meio do seu povo, que é a Assembléia dos Santos.

Harmonias, tons, ritmos e melodias celestiais estão enchendo a igreja do Senhor Jesus Cristo nos dias de hoje. Essa música tem chegado aos nossos corações de uma forma tão preciosa que instantaneamente produz paz, alegria, cura, libertação e vitória. Algumas pessoas testemunharam que, ao entrarem em contato com esse gênero de música, receberam a Cristo como Senhor e Salvador de suas vidas.

Precisamos entender também que por trás dos ritmos, letras e harmonia dos músicos do sistema do mundo, existem espíritos que influenciaram as pessoas, levando-as a serem dominadas por desejos da carne, paixões, violência, imoralidade, depressão, etc.

Qual o papel a desempenhar do Ministério de Música?

“Naquele dia levantarei o tabernáculo caído de Davi; repararei as suas brechas e levantando-as das suas ruínas, restaura-lo-ei como fora nos dias da Antigüidade, para que possuam o restante do Edom e todas as nações que são chamadas pelo meu nome, diz o Senhor que faz estas coisas. Eis que vêm dias, diz o Senhor, em que o que lavra segue logo ao que ceifa, e o que pisa as uvas ao que lança a semente; os montes destilarão o mosto, e todos os outeiros se derreterão. Mudarei a sorte do meu povo Israel; reedificarão as cidades assoladas e nelas habitarão, plantarão vinhas e beberão o seu vinho, farão pomares e lhes comerão o fruto. Planta-los-ei na sua terra e, dessa terra que lhes dei, já não serão arrancados, diz o Senhor teu Deus” (Amós 9:11-15).

308081_312887812152614_1754271163_n_g

Há uma necessidade de entendermos que o propósito de Deus para o Ministério de música na casa do Senhor é o de atraí-lo para estar em meio do seu povo, para abençoá-lo e que, através dessa bênção, tenha-se condições de abençoar todas as nações.

“Naquele dia levantarei o tabernáculo caído de Davi, repararei as suas brechas; e levantando-as das suas ruínas, Restaura-lo-ei como nos dias da Antigüidade” (Amós 9:11).

Isto significa que a obra maravilhosa do Espírito Santo na igreja tem por objetivo restaurar o ministério de música na casa do Senhor e, como conseqüência, levantar uma geração de adoradores, que adorem o Pai em espírito e em verdade (João 4:23).

O rei Davi, juntamente com os chefes do serviço, separou para o ministério os filhos de Asafe, de Hemã e de Jedutum, para profetizarem com harpas, com alaúdes e címbalos (I Cr 25:1-7). O vazio que Lúcifer (Anjo de luz) deixou nos céus por causa da sua queda do estado original, precisa e deve ser preenchido com o louvor e a adoração da igreja do Senhor Jesus Cristo, atingindo o coração de Deus, no santíssimo lugar, sendo que essa adoração da igreja é um presente e ao mesmo tempo um reconhecimento que devolve ao criador honra, glória e louvor àquele que reina pelos séculos dos séculos.

Quando louvamos e adoramos há mudanças em nossas vidas, família, igreja e ministério, na nação e, também, a cidade onde estamos é tocada por esse poder tremendo que se manifesta em meio ao po

vo de Deus. Sempre acontecem coisas novas quando adoramos o nosso Criador. Ele ordena que seus anjos executem suas ordens (Isaías 35:1-10). A natureza será liberta da escravidão do pecado para louvar e adorar ao Criador.

Que realmente possamos adquirir a consciência de verdadeiros adoradores, na busca incessante da mais perfeita adoração ao Rei dos Reis e Senhor dos Senhores.


Integrantes do Grupo

Rafael Taveira – Vocalista (VOCAL)

Alesson Gonçalves – Violão e Guitarra

Jéssica Carol – BackVocal

Ingrid Santana – BackVocal

Leandra Xavier – Violão e Teclado

douglas

Douglas Oliveira – Baixista (Baixo)